<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Wednesday, August 04, 2004

 
Frequently Asked Questions ou Greta, você está esquizofrênica, mulé!

Eu vivo reclamando aqui que queria um colo, cafuné e um mundo de carinhos, mas isso não quer dizer que eu esteja insandecida atrás de um macho pra me tirar dessa solidão. Não é isso. Acho que pela primeira vez eu consegui pensar com clareza no namoro acabado e me conscientizei de que, na verdade, acabou porque começou a faltar alguma coisa. Não sei dizer o que, mas havia algo que me estava incomodando no namoro passado. Por isso acabou. Se eu disser que não sinto falta de estar namorando ou dele especificamente é mentira. Porra, quase 2 anos de convivência criam um certo tipo de rotina/dependência/hábito que não se perdem em 3 meses, mas o relacionamento não ia lá muito bem das pernas e eu foi mesmo melhor que tivesse terminado. lamento profundamente todo o afastamento que isso gerou, mas existe essa necessidade e é saudável querer se afastar até se ter consciência plena do que aconteceu, do que deu errado e se haveria a vontade de consertar. Bem, não há.Embora eu ame profundamente esse menino, ele se tornou pra mim o que outrora foi Beatriz a Dante, por mais que eu me esforçasse, nunca seria boa o suficiente para ele. E não adianta vir pra mim dizendo que se resolve com terapia e o escambau. Eu, a vida, nós todos fazíamos com que eu me sentisse inferior e isso me fez mal. E é isso, move along, there's nothing to see here.

Isso tudo foi pra dizer que eu não quero um namorado agora. Não quero ter de me dedicar a alguém nesse momento. Não quero ter qualquer tipo de preocupação com pessoinhas que não sejam as que moram no meu cérebro. Mas isso não me impede de sentir falta de carinho, com interesses ou não. Eu sou gente, porra, e gente sente falta disso. Principalmente em momentos tristes.

Não vou negar que não haja ninguém nesse mundão de meu deus que me desperte interesse. Sim, há e aos montes, mas vários fatores impedem que qualquer um deles me dê o colo que eu quero, me faça o cafuné que acalmaria ou me beije fundo e com calma até minh'alma se sentir beijada. Simplesmente não dá. E eu tenho que seguir em frente. Mas não sem reclamar e é pra isso que esse blógue serve: lata de lixo emocional. É pra eu , diva falida, deixar fragmentos da minha mente, pedacinhos de mim que me ajudem (e aos meus amiguinhos) a entender algo do se passa comigo. E pra desanuviar o coração também. Se eu for engraçadinha no meio do caminho, beleza, mas isso aqui é sim, diarinho-péla, e se você, pobre desavisado chegou aqui agora e quer conteúdo, recomendo fortemente o site do terra (e eles não dizem que são o melhor conteúdo da internê? Então, se joga, lá!).

Pronto, era isso. Precisava dizer essas coisas, sabe? Regurgitar um pouco do que está dentro faz bem pra pele e emagrece.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 9:32 PM