<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Thursday, October 21, 2004

 
Por que eu leio blógues? E por que não lê-los? Existe muita coisa boa nessa atmosfera formada por pseudos-escritores-frustrados-mas-nem-tanto. Existem os amigos que nos informam de seu dia-a-dia, evitando que se conte a mesma história algumas vezes via mêssênê e icêquê; tem o pessoal que nunca vi, mas que leio há tanto tempo que parece que já os conheço de longa data e muitas cervejas; tem aqueles que leio só pra passar raiva e lamentar o abandono da faculdade de letras. Tem uns que leio só pra me divertir e aqueles que me fazem pensar na vida, no universo e tudo mais.

Eu leio porque tenho tempo de sobra. Eu escrevo porque não tenho vergonha na cara e ainda não aprendi - ou percebi - que blógues deveriam ser limitados a quem realmente tem algo a dizer ou sabe filosofar sobre o nada com maestria. Sim, porque apesar de pífia escritora que sou, tenho o bom senso de não violentar a última flor do lácio corrompendo todo o esforço de gramáticos que dedicaram suas vidas e sinapses cerebrais fundamentando regras e afins para que todos pudéssemos nos entender razoavelmente.

Gosto dos que me divertem, dos que me informam. Com os que me fazem refletir, mantenho uma relação de amor e ódio, porque pensar é cansativo. Concatenar idéias e formar opiniões pode ser doloroso, mas faz parte do crescimento (?!) de todos nós. Expressá-las não é necessário, mas fundamentá-las, sim. Por mais que eu diga disparates e fale impulsivamente, gosto de refletir sobre o que digo. Me agrada não dizer de cara minha opinião sobre assuntos polêmicos, ponderar sobre todos os lados disponíveis de uma situação. Mas isso não tem nada a ver com ler blógues. Saí do assunto. Deve ser por isso que nunca me aventurei a escrever nada que contivesse mais do que 3 páginas e não fosse trabalho acadêmico. Acho que se , algum dia, escrevesse um livro, ele chegaria ao fim falando sobre algo completamente diferente do que poderia ter sido o começo.

Olha a diva maluca fugindo do assunto de, novo! É, deixa eu parar por aqui...
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 10:39 PM