<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Thursday, July 14, 2005

 
Eu tenho um certo problema com gente sem noção para o mal.

- Greta, bonita, você é sem noção.
- Eu sei, mas sou sem noção para o bem. O que é absolutamente diferente.

Seguindo o raciocínio, visualizem: você está lá sendo bela e faceira, exibindo o remelexo numa ferramentinha dessas de fazer amigos e influenciar pessoas. Afinal o troço é mercado de carne e você não é boba nem nada (bom, eu não sou boba), quando começa a adicionar um pessoal teoricamente gente fina. É, teoricamente, porque esse pessoal começa a te mandar um spam camufladinho. E, aí, gente boa, é um tal de "responda a esse comentário para saber que tipo de pessoa você é", "alô galera de Londres, aquele abraço", "eu faço vídeo, vagabundo é a puta que pariu" e por aí vai. Sinceramente eu tenho zero paciência pra esse tipo de coisa, acho que assim, feito Free (ou Carlton ou alguma outra coisa que eu esqueci), é uma questão de bom senso. Se eu quisesse saber algo, ia lá e perguntava. Ou lia o blógue, que é mais ou menos a mesmíssima coisa.

Sério mesmo, eu não vou comprar nada, não vou orar pra ninguém, sei o tipo de pessoa que sou e não mando essas merdas pra ninguém. Não me venham com o papo de "não quer ler, não precisa", precisa sim. Se alguém me manda algo (mail, carta, recado no blog, mensagem pelo mêssênê, linque, faixa na rua etc e tal) é porque quer que eu leia. Me mandar alguma coisa é totalmente diferente de chegar no meu blógue e me xingar. O primeiro é um convite o segundo é invasão e ninguém quer estar de pijaminha, tomando seu chocolate quente e ter que ouvir desaforo. E tem outra: spammer pra mim é igual Bíbria: o cara bate na tua porta pra te empurrar um credo que ou não é teu ou com o qual você não poderia se importar menos. Incômodo. MUITO Incômodo.

Não sei por quê, mas algo me diz que esse é um assunto que nunca, jamais, em tempo algum, me cansará, porque gente escrota não desaparece...


Ah, deixa eu disclameirizar rapidinho antes que venha alguém de mimimi dizendo que não aceito críticas: Aceito sim, mas de quem me conhece. Não é porque o cidadão leu meia dúzia de posts que pode botar banca de dono da verdade, e, em especial, de dono da minha vida. Quer criticar algo que foi escrito, demorou. Meter o bedelho na minha vida, não, violão.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 7:42 PM