<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Thursday, November 24, 2005

 
Chegou aquela época do ano em qeu fico chata e repetitiva. Primeiro porque eu ODEIO esse calor desnecessário dos trópicos. Segundo, porque eu acho o Natal uma ocasião meio chata. Terceiro porque tem a Torre Negra da Lagoa.

Indo por partes...

Verão é uma época alegre, as pessoas estão mais dispostas e o mundo fica mais colorido. Bullshit, dear. Calor abaixa a minha - já não tão alta - pressão sangüínea, o que drena as minhas forças e fazer qualquer coisa é um enorme sacríficio, já que rolam vertigens e mini-desmaios. Comer é um sacríficio, porque sempre bate uma lombra monstra que só me faz ter vontade de deitar numa rede e dormir até o sono ir embora.

No verão todas as pessoas carregam aquela expressão disminlingüida de quem acabpu de sair de uma piscina de ácido. É uma suadeira sem fim, os cabelos ficam grudadinhos na cabeça devido ao excesso de oleosidade e todo mundo fica empoeirado, porque, na boa, calor levanta um poeiréu sem fim. Não há banho que dê jeito e nem saúde que resista às contantes mudanças de temperatura do entra-e-sai de ambientes refrigerados pro forno que essa cidade se transforma. Não sei vocês, mas eu não vejo graça nenhuma em ter o astro-rei me torrando os miolos.

*****

Todo ano em reclamo do Natal porque acho uma data comercial escrotinha que só serve pra arruinar meu feriado com translados chatos entre casa de mamãe e casa de papai. Eu gosto dos presentes, não vou negar, mas, na boa, ter de ficar fazendo sala pra gente horrorosa não é comigo. Ainda mais que faz um calor desgramado nessa época. Também gosto das comidas, mas não é saudável preparar aquilo tudo e depois comer como se não houvesse amanhã com 40 graus ambientes.

E sempre me bate uma tristeza, porque o mundo está uma merda e, às vezes, eu me sinto meio mal de ter tanto quando muita gente tem quase nada. Culpa cristã, releve. Além disso, me vêm um enjôo desses "bonszinhos do ocasião", aquele bando de filho da puta que só pisa nos outros o tempo inteiro e nessa época resolve pagar de bom samaritano comprando títulos da Care e cartões da Unicef. E eles sempre ostentam um are de superioridade que não me desce. Eu tenho uma mega vontade de esbofetear cada um desses. Mais pra diversão pessoal do que pra mudá-los, mesmo.

*****

A Torre Negra da Lagoa é auot-explicativo, então vou pular, mmmkay?
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 10:57 AM