<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Thursday, October 11, 2007

 
Noção Open Bar.

Eu tenho problemas com pessoas metidas a profundas conhecedoras. De verdade. E eu queria demais ter preguiça desse povo, me irritaria menos com a vida, o universo e tudo mais.

Por exemplo, esses dias tinha um pessoal discutindo torcida num blog de futebol que eu leio. E nego pede respeito e racionalidade quando a)não respeita; b)não entende que torcer é um ato passional. Sério, eu não estou cagando regrinha, mas no Maravilhoso Mundo de Greta Garbo, as pessoas se apaixonam por um time e seguem naquela relação por anos de forma mais - ou menos - intensa, mas a paixão está ali. E como você quer racionalizar paixão, negão? Não acontece. Pode perguntar por aí, te garanto, não tem um que saiba dizer como se apaixonou por este time e não por aquele. Não à toa, existem muitos casos de torcedores solitários numa família de apaixonados pelo maior rival. É assim que funciona o mundo das paixão, uma hora você está quietinho e numa outra não consegue mais viver sem aquilo. Eu sei disso, sou torcedora apaixonada.

E agora a gente entra no pantanoso terreno das torcidas organizadas. Eu não recrimino, mas não concordo com uma série de coisas. Eu, enquanto pessoa humana, à nivel de mulher sardenta, acho que ir à estádio deveria ser um programa divertido. Eu acho legal mesmo essa coisa de ter música e empurrar o time o tempo todo, mas não acho que deva ser obrigatório. Desnecessário dizer que eu sei que as músicas não surgem do ar, mas não precisa de toda essa máfia e regrinhas de conduta e procedimentos padrões pra torcer. Não mesmo.

E aí voltamos pra questão do respeito. Eu acho um absurdo que uma meia dúzia de cidadãos se achem mais importantes porque têm tempo e disposição para "torcer profissionalmente". Eu me sinto desrespeitada quando eu não posso ir ao estádio torcer pelo Glorioso porque tenho medo de voltar com a cara arrebentada graças a uns marmanjos que ainda não entenderam que só é necessário provar macheza e tamanho de pau para a mocinha (ou mocinho) com quem dividem os lençóis. Já penso ser um absurdo o cidadão bater em quem se apaixonou por outro time, o que dizer que pessoas que são levadas ao estádio pelo mesmo motivo e paixão quererem se bater? Lamentável e vergonhoso. Mais ainda, desrespeitoso e feio mesmo. No sentido de tirar a beleza do futebol até para os mais apaixonados. Porque eu não vou me arriscar pra me divertir, essa vida já tá complicada demais para num momento de lazer, eu acabar virando estatística.

Enfim, se o mundo tivesse mais noção esse tipo de coisa seria evitado e todos seríamos felizes e assaríamos cordeiros e celebraríamos. Quem sabe na próxima vida, né?
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 12:40 PM