<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Friday, November 16, 2007

 
PVC.

É fato que eu não sou mais nenhuma garotinha. Embora o shape e a carinha teimem em desacreditar a velhice da alma, me sinto com uns 85 anos na maior parte do tempo. E, como não basta ser idosa, tem que ranzizar, minha paciência está passando um tempo naquela base que tem lá no Alaska e não sabe quando volta. aí é aquilo: olhos rodando nas órbitas como se não houvesse amanhã; suspiros irritadiços profundos, seguidos de bufadas de um mau humor de dar medo em Troll (não, não é fábrica de brinquedos); nenhuma vontade de conviver com humanos comuns e uma ansiedade que não é desse mundo que me garante peles arrancadas dos cantos dos dedos e redução gradual da mucosa das bochechas. E nem vamos começar a falar nos cigarros, porque tenho fumado tanto que precisei cometer a viadagem de ir pro filtro branco se pretendo ter algum pulmão nessa vida. Café? São litros e litros, o estômago em alegria agradece; penso que chegou o momento de nomear a úlcera que já deve nadar no meu ácido estomacal (Godofredo me parece um bom nome ou Odilene).

E é nessa disposição e juventude bombantes que eu decidi que vou me formar. Coisa assim, pequena, voltar pra faculdade, aturar jovenszinhos descolados que acham que podem ganhar o mundo vomitando sonhos bestas e achando que vai dar tudo certo no final urrú!. Eu, com 85 anos, sendo obrigada a conviver com semi adolescentes só pra ter um diplominha que será pendurado na parede enquanto eu poso de adultinha e espremo dinheiro sabe Deus de onde pra chegar ao fim do mês. Porque, sabe, não querem contratar uma velha pouca coisa mais competente em detrimento de um galetinho esbanjando saúde e prontinho pra ser doutrinado. Eu entendo, também não me contrataria, nem pelo rostinho qualquer coisa bonitinha. Mas é isso, eu preciso de um diploma, nem que seja pra servir de jogo americano e não quero mais adiar, já adiei tanta coisa que eu cansei até disso. Vai que eu fico velha de verdade.

Bom, eu avisei tou ranzinza. Poucas, muito poucas, pouqíssimas mesmo, pessoas têm tido a bondade de me aturar macambúzia e pelos cantos. Até porque eu nem sei a razão de tanta apatiazinha-de-butique e aí não se pode explicar o que não se sabe. Se eu não tento explicar física quântica, não tentarei falar dessa ansiedade que eu nem sei porquê me apareceu assim na idade em que deveria estar tricotando bufandas. Parece mesmo que ainda tou cheia de vida. Rá.

E não tem nem uma merda um bingo nessa cidade pra eu me sentir em casa.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 7:53 PM