<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Friday, September 29, 2006

 
Amanhã é aniversário dele. Não o meu ele (mas, oh, how I wish). E tudo que eu queria era poder pular nele e sussurar votos de felicidades ao pé do ouvido.

Ô mundo injusto...
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 2:23 PM



Wednesday, September 27, 2006

 
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 5:25 PM



Tuesday, September 19, 2006

 
Aí que quando eu penso que nãããão, não dá pra achar mais gente interessante no Rio Grande do Sul, principalmente porque seria injusto com todos os outros estados, eu tropeço nisso aqui.

Ah, não dá, gente. NÃO DÁ. É muita maldade. E eu aposto dinheiro que é tudo (bem) casado. Ou aquele papo todo de me achar baranga, ou ser broxa, ou viado ou, bem, acrescentem ae.


*****

Ontem, tou eu, linda e ruiva, saindo da senzala e parada, esperando o coletivo (eu tinha escrito "no ponto", mas pode pegar mal), quando chega um cidadão todo de branco, carregando um ramalhete dalguma planta, que eu nem me dei ao trabalho de conferir qual era, e de turbantão meio lilás (que eu achei estilo pacaraleo, combinemos). Ele pára atrás de mim e começar a gritar QUE A FORÇA DE OXALÁ ABENÇOE A CIDADE DE SÃO SEBASTIÃO DO RIO DE JANEIRO! (E chamar o Rio de São Sebastião do Rio de Janeiro é outra coisa que eu acho mega estilo.). E mais um monte de non-sense macumbeiro enquanto brada o tal do ramalhete.

Eu entro no busão e avisto a figura andando. E me dou conta de que ele carregava era espada de São Jorge. Porra, dei molíssimo. Eu devia ter pedido a ele que me dessa uma surra de limpeza ali mesmo, no meio da rua, aproveitando que ele já estava conjurando Oxalá. Afinal, eu tou precisada de uma coça de espada de São Jorge já faz algum tempo...

*****

Estar sozinha em casa é bom. Ruim é não ter computador e acabar vendo a mesa redonda da ESPN Brasil. É muito esculacho nessa vida, sabem?
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 11:10 AM



Friday, September 15, 2006

 
Ranting and raving

Então é assim ó: gente burra me irrita. Mas o pior não é quando a gente em questão é só burra, porque aí, eu olho de cima e faço cara de "coitadinho, né", o lance pega mesmo quando a pessoa além de burra ainda paga de fodona. Daquele jeitinho que acha que entende da porra toda e quer tomar pé da situaçã. Dude, isso me deixa mais enervada do que dia de raiva da TPM. E olha que eu tomo remédio pra TPM receitado por médico de tão cavalar que o trem é na minha pequena pessoa.

Daí, a gente burra-que-se-acha qer que você explique um troço 800 vezes. Até aí nada, tudo bem, eu sou paga pra isso. Mas depois da 801ª vez, ela se liga que não sabe e aí resolve chamar quem está por dentro *ui* da coisa. Mas aí você já perdeu tempo e paciência e algumas células da epiderme porque tá aranhando a cara de ódio pra manter a voz calma, né?

Aí, putaquepariu, mermão. Eu quero noção mundial, por favor.

E vai ter Daft Punk e Beastie Boys aqui na selva. E nego acha bonitinho cobrar uma fortuna. Porque eu não tenho outra explicação pra os dois shows custarem 130 terezas com meia-entrada. Não que eu seja a favor de banalizar as bandas que gosto (sou super a favor de virar tudo bem mainstream e vir fazer perfomance aqui na selva), mas elitizar demais é babaquice. Não fode, TIM. Não fode MESMO.

Porém, eu, babaca que sou, vou lá requebrar o coração ao som dos pessoal do estrangeiro. E bate forte o tambor, eu quero é tic-tic-tic-tic-tac.

Alguém, pode, por favor, explicar o hype absurdo do Cansei de Ser Sexy? Alilás, alguém me explica por que, exatamente, o Brasil está tão na moda? E se você, leitor europeu, conseguir entender essas coisas todas, me explica e me manda uma passagem pra cair fora daqui. Sou limpinha, de boa familia, falo inglês direitinho, sei cuidar de casa, não tenho medo de trabalho *ui*, cozinho direitinho e, olha só, veja você, sou até bonitinha e o tanto suficiente ordinária. Partidão e brasileira, o que, aparemente, está na moda.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 11:13 AM



Wednesday, September 13, 2006

 
A primeira vez nesse aeroporto. Um que sempre me deu um medo irracional. A primeira loucura por conta de um show. A primeira lembrança de um frio tão frio que parece que a gente quer mesmo aquecer a alma.

Algo diz que será a primeira de muitas loucuras dessa nova fase. E que também não será em vão.

As pessoas ao redor parecem tão ocupadas e seguras de si para notar a menina de cachecol vermelho que escreve furiosamente num bloquinho cor-de-rosa. E ela marca as palavras e vomita as idéias esperando que a sensação estranha passe. Que tudo corra bem e que seja absolutamente fenomenal, esse show.

"É só nervosismo, está tudo bem", é o mantra do momento. Mais um cigarro. E outro. E outro. A hora que não passa. Mas o tempo está bom. E será um belo dia, afinal.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 10:20 AM



Tuesday, September 12, 2006

 
Você aí, você mesmo, que tá bobeira. Você vai parar tudo e vai ali ouvir If There's A Chance do Cardigans.

E se você não puder ouvir, vai ali na Klô e lê a letra comentada. Bicho, se você não sentir nenhum apertinho no coração com essas coisas, eu te invejo. Porque a música tá na minha cabeça e me deixando qualquer coisa mal há alguns dias.

Tá, não é a música. Mas ajuda.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 12:18 PM



Monday, September 11, 2006

 
Lindo. Aquele ar cool, um senso de humor esquisito, inteligente, sarcástico, com paixões em comum e um sotaque arrasa-quarteirão. Milhares de quilômetros de distância e uma sensação de embrulho do estômago a cada aparição online.

Um mundo de possibilidades numa caixinha de diálogo. Um frio na barriga a cada palavra cuidadosamente digitada num idioma familiar, mas que se confunde com seu próprio graças a uma dose enorme de nervosismo misturada à dislexia. A cabeça dá voltas and that's not an invitation, but that's all she gets...

"E por que eu não esbarrei em você numa livraria? Num show? Num bar? Numa fila? E por que tinha que ser assim?" Ela lê e seus olhos marejam, repetindo baixinho o questionamento. E por que tem que ser assim? Por que? E sua resposta resignada, é porque você nunca me notaria no "mundo de verdade", porque eu não sou a menina que arranca olhares e suspiros. Ele não desiste e categoricamente afirma que a veria em qualquer lugar, porque é o destino, babe, religião e ciência fariam acontecer.

Ela pisca pra espantar as lágrimas teimosas que não a deixam enxergar e sorri, com o coração saltando no peito. Um sorriso bobo. Um sorriso que ele não vê, mas que ela te guardado e que é só ele e de mais ninguém.

E mesmo que nada disso seja de verdade, o coração dela se aquece e fica reconfortado. Afinal, ainda existe um oceano de possibilidades. And it's not the end, my friend. Definitely not.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 10:54 AM



Tuesday, September 05, 2006

 
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
AAAAAAAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRGH!

Merda, merda, merda. Raios duplos e triplos e quádruplos.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH

Eu quero colo. E um saco de areia.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 1:02 PM



Friday, September 01, 2006

 


Recebi da Robslene e, reza a lenda que: se eu não repassá-la a seis pessoas, um coelho gigante com um tiro na cara igual ao do Donnie Darko vai me visitar quanto eu estiver lavando os cabelos com os olhos fechados.
Então eu tenho que dizer 6 coisas sobre mim e as próximas 6 pessoas têm que fazer o mesmo.

Sei lá, copy paste e crendice popular é sempre bom respeitar. Bora lá:

1 - Eu sou completamente apaixonada por aquele vizu nerde. Jeans, camiseta, ocúlos e um ar meio desligado do mundo já são meio caminho andado pra fazer com que eu fique babando por um cidadão. Sério mesmo.

2 - Obcessão por mãos. Muito. Já desisti de ficar com meninos interessantes porque tinha mãos "estranhas". Sim, eu sou superficial desse jeito, mas, ei, isso não deveria ser um outro item? Não? Ah tá.

3 - Eu sou uma pessoa rancorosa. Por mais que não me doa ou machuque mais, eu sou capaz de ficar remoendo uma parada por muito tempo. Muito mesmo.

4 - Músicas com o meu nome me consomem. Eu não consigo parar de ouvir até aprender a letra e fico cantando sozinha. É meio rídiculo, mas é mais forte do que eu.

5 - Uma das coisas que mais me alegra nesse mundo é estar sozinha em casa. Eu adoro a sensação de não ter ninguém pra me atormentar nem reclamar de qualquer coisa que eu esteja fazendo. Porém - e sempre tem um porém - eu não gosto de dormir sabendo que não tem mais ninguém em casa. Eu sou cagona, daí?

6 - Apesar de toda a pose de mulé-muderna-descolê-unglued, eu sonho em casamente brega e tradicional. Vestido branco, noivo esperando, familia chorando, véu, grinalda, jogar buquê, valsa e muita galhofa com gentes queridas.

E eu repasso pra Gioconda, Fal, Giovanna, Camelan, KK Maria e a Rimã Rofi
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 10:59 AM