<body bgcolor="#000000" leftmargin="0" topmargin="0" rightmargin="0" bottommargin="0" marginwidth="0"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5805460\x26blogName\x3dLife+would+be+so+wonderful+if+we+only...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://womanofaffairs.blogspot.com/\x26vt\x3d2451192399324840577', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Herr och fru Stckholm
En Lyckoriddare
Konsum Stockholm Promo
Luffarpetter
Gösta Berlings saga
Die Freudlose Gasse
Torrent
The Temptress
Flesh and the Devil
Love
The Divine Woman
The Misteryous Lady
A Woman of Affairs
Wild Orchids
The Single Standard
The Kiss
Anna Christie
Romance
Inspiration
Love Bussiness
Susan Lennox
Mata Hari
Grand Hotel
As you desire Me
Queen Cristina
The Painted Veil
Anna Karenina
Camille
Conquest
Ninotchka

Image hosting by Photobucket

09/01/2003 - 10/01/2003
06/01/2004 - 07/01/2004
07/01/2004 - 08/01/2004
08/01/2004 - 09/01/2004
09/01/2004 - 10/01/2004
10/01/2004 - 11/01/2004
11/01/2004 - 12/01/2004
12/01/2004 - 01/01/2005
01/01/2005 - 02/01/2005
02/01/2005 - 03/01/2005
03/01/2005 - 04/01/2005
04/01/2005 - 05/01/2005
05/01/2005 - 06/01/2005
06/01/2005 - 07/01/2005
07/01/2005 - 08/01/2005
08/01/2005 - 09/01/2005
09/01/2005 - 10/01/2005
10/01/2005 - 11/01/2005
11/01/2005 - 12/01/2005
12/01/2005 - 01/01/2006
01/01/2006 - 02/01/2006
02/01/2006 - 03/01/2006
03/01/2006 - 04/01/2006
04/01/2006 - 05/01/2006
05/01/2006 - 06/01/2006
06/01/2006 - 07/01/2006
07/01/2006 - 08/01/2006
08/01/2006 - 09/01/2006
09/01/2006 - 10/01/2006
10/01/2006 - 11/01/2006
11/01/2006 - 12/01/2006
12/01/2006 - 01/01/2007
01/01/2007 - 02/01/2007
02/01/2007 - 03/01/2007
03/01/2007 - 04/01/2007
04/01/2007 - 05/01/2007
05/01/2007 - 06/01/2007
06/01/2007 - 07/01/2007
07/01/2007 - 08/01/2007
08/01/2007 - 09/01/2007
09/01/2007 - 10/01/2007
10/01/2007 - 11/01/2007
11/01/2007 - 12/01/2007
12/01/2007 - 01/01/2008
01/01/2008 - 02/01/2008
02/01/2008 - 03/01/2008
03/01/2008 - 04/01/2008
04/01/2008 - 05/01/2008
05/01/2008 - 06/01/2008
06/01/2008 - 07/01/2008
07/01/2008 - 08/01/2008
08/01/2008 - 09/01/2008
09/01/2008 - 10/01/2008
10/01/2008 - 11/01/2008
11/01/2008 - 12/01/2008
12/01/2008 - 01/01/2009
02/01/2009 - 03/01/2009
03/01/2009 - 04/01/2009
07/01/2009 - 08/01/2009
08/01/2009 - 09/01/2009








website stats

Wednesday, July 08, 2009

 
O problema todo na verdade, é um só. Que tenho me sentido muito, muito, muito sozinha. Na teoria tem um cara legal que até gosta bem de mim e eu gosto bem dele, mas ele tá na casa do caralho. E nove mil quilômetros e um oceano não te esquentam nas noites frias de inverno. E Deus sabe como o inverno na Capitania de São Sebastião tá sinistro esse ano. Daí a real é a seguinte: tem esse cara, mas não tem ninguém, então a gente descola um aqui e outro ali e vai levando a vida.

Só isso é legal. Ou deveria ser. Quer dizer, teoricamente é legal, mas na prática não é. Porque eu não tenho ninguém. Nem os amigos que me sobraram por aqui, porque esses não podem -e nem devem, percebam - largar tudo pra atender meus caprichos de pessoa que não sabe ficar doente e faz o maior escarcéu durante a gripe do ano.

E aí, durante todo o charminho que faço, as coisas meio que caem nos lugares devidos. O moço lá de longe é tudo que sempre quis, mas tem toda essa montoeira de zeros e água entre nós, inviabilizando meu sonho dourado de moça do subúrbio.

E os caras de perto, você pergunta. Bem, se você não pergunta, deveria. É uma dúvida normal, até. Eu perguntaria, se estivesse ouvindo essa história de alguém. Bom, na teoria, tem esse um aqui bem de perto, que num segundo encontro diz que não quer relacionamento nenhum. Pro caralho, né? Tá certo você, porque alguém que lança uma dessas, não é que não queria relacionamento nenhum. Não quer é um comigo, porque, vamos combinar aqui, quem diz isso, tá dizendo: "olha, você não é má pessoa, é só que eu quero uma pessoa MAIS qualquer coisa do que você." O que é altamente tranqüilo pra mim, se agem assim. Falar, meu amigo, é fôlego.

Mas é que junto a tudo isso, vem aquela neurose de anos que diz que não, eu não sou tão interessante. E que, mais importante, não, meu bem, não vai aparecer alguém pra esquentar as noites frias do inverno carioca. Que Deus sabe bem como está rigoroso esse ano.
 

Greta Garbo, quem diria, foi parar no Irajá as 7:48 PM